Saúde com Responsabilidade – Produtos Médico-Hospitalares seguros e eficazes

Artigo

A Diabetes Mellitus e a Importância da Insulina

Diabetes Mellitus (DM) é uma doença do metabolismo caracterizada pelo excesso de glicose no sangue, que surge quando o pâncreas deixa de produzir ou reduz a produção de insulina, ou ainda quando a insulina não é capaz de agir de maneira adequada.

Os Tipos de Diabetes

O diabetes costuma ser dividido em três tipos principais: o Tipo 1 (DM1), o Tipo 2 (DM2) e o Diabetes Gestacional.

O tipos mais frequentes são o diabetes Tipo 1, anteriormente conhecido como diabetes juvenil, e o diabetes Tipo 2, anteriormente conhecido como diabetes de adulto. O outro tipo de diabetes encontrado, cuja etiologia ainda não está esclarecida é o diabete gestacional, quem, em geral, é um estágio pré-clínico de diabetes, detectado no rastreamento pré-natal.

Diabetes Mellitus Tipo 1

É caracterizado pela deficiência absoluta de insulina que pode se instalar abruptamente (mais comum em crianças e adolescentes) e representa cerca de 5% a 10% dos casos. O tratamento com Insulina é necessário.

Diabetes Mellitus Tipo 2

Caracteriza-se por um deficiência relativa de insulina, causada por defeitos na sua função (resistência insulínica). Representa 90% dos casos e geralmente aparece na fase adulta. Surge com maior frequência em obesos. É tratado com dieta, medicamentos orais e frequentemente com insulina. Ocorre quando o nível de glicose no sangue fica muito elevado.

Prevenindo as complicações do Diabetes

Os pontos principais para a prevenção, são:

Fazer exames médicos e consultas regularmente, não fumar, fazer atividades físicas e alimentar-se de forma saudável. Todos este fatores ajudam na prevenção das complicações do diabetes.

A importância da Insulina no Tratamento do Diabetes

A insulina é um hormônio que auxilia o organismo a usar glicose como energia. Quando a pessoa tem diabetes, no entanto, o organismo não fabrica insulina ou possui resistência ao hormônio e não consegue usar glicose adequadamente.

Se falta insulina, a glicose não é utilizada e se acumula no sangue, com isso o nível de açúcar no organismo fica elevado, provocando a hiperglicemia.

A insulina, como medicamento, utilizada no tratamento do diabetes é identificada como U-100, uma solução de 100 unidade de insulina por mililitro (mL).

O medicamento é aplicado no tecido subcutâneo (com utilização de seringas e agulhas especiais para esta aplicação), para melhor absorção e ação eficaz.

ARTIGOS RELACIONADOS

plugins premium WordPress

Representantes no Amazonas